Vilões da Cosmética Convencional

MUNDO ORGÂNICO


Quando adquirimos um produto de higiene ou beleza, não desconfiamos que estes possam conter substâncias nocivas, acreditamos em “marcas” e esquecemos de ler os rótulos, permanecendo à mercê da indústria química da cosmetologia.

Consumidora consciente lendo o rótulo.

Esta infelizmente é a realidade da grande maioria dos consumidores brasileiros.

De acordo com o Environmental Working Group, EUA. Dos 10.500 ingredientes utilizados em produtos de higiene pessoal, 89% não foram totalmente avaliados quanto à segurança e 1/3 destes produtos contém um ou mais ingredientes que podem ser classificados como possíveis causadores de câncer. Abaixo segue uma lista de alguns ingredientes que podem ser nocivos à sua saúde e estão presentes nos cosméticos de uso diário.

Triclosan – Antibacteriano encontrado em sabonetes, creme dentais e desodorantes, causa resistência bacteriana, desregula o sistema de defesa do corpo. Reduz as funções dos músculos e pode atingir o coração.

Benzophenone-3 ou Oxybenzone – Bloqueador dos raios UV, encontrado em protetores solares, causa irritação, sensibilização e alergias. Substância bioacumulativa e tóxica. Desregula os processos hormonais. Possível carcinogênico.

Homosalato – Éster encontrado em protetores solares, desregulador endócrino. Causa danos no DNA e aumento do risco de câncer de pele.

BHA (buthylated hydroxyanisole) – Conservante de batons, sombras para olhos, desodorantes, antitranspirantes, etc. Causa desregulação endócrina e toxicidade. Prejudica o desenvolvimento do sistema reprodutivo. Potencialmente cancerígeno.

BHT (butylated hydroxytoluene) – Conservante de batons, sombras para olhos, desodorantes, antitranspirantes, etc. Causa desregulação endócrina e toxicidade ao organismo humano.

Coal Tar ou Alcatrão de Hulha – Auxilia no processo de fixação da cor, utilizado em tinturas de cabelo, comprovadamente carcinogênico.

Carbon Black – Pigmento preto, encontrado em delineadores, rímel, blush, sombra e batons. Está relacionado com aumento de doenças pulmonares e cardiovasculares e incidência de câncer de pele.

DEA (diethanolamine) – Emulsificante encontrado em sabonetes, xampus, condicionadores, loções, cremes de barbear, em algumas maquiagens, protetores solares e fragrâncias. Doses elevadas podem causar câncer no fígado, alterações pré-cancerosas da pele e na tireóide. Bioacumulativo.

TEA (triethanolamine) – Emulsificante e ajuda no ajuste do pH de cosméticos como, sabonetes, xampus, condicionadores, loções, cremes de barbear, maquiagens, protetores solares e fragrâncias. Possível carcinogênico.

Formaldeído – Preservativo antisséptico e desinfetante. Presente em esmaltes e produtos de alisamento capilar. Causa irritação na garganta, olhos e nariz, câncer de nasofaringe e leucemia.
Liberadores de formaldeído – São sustâncias antibacterianas contaminadas por formadeído. Bronopol, Diazolidinyl urea, Imidazolidinyl urea, Quaternium-15 e a DMDM hidantoína. Causam reações alérgicas na pele e nos olhos e resistência bacteriana.

Fragrâncias sintéticas – Aromatizam os produtos, presentes em grande variedade de cosméticos. Causam toxicidade reprodutiva e de desenvolvimento. Alergias, enxaqueca, asma, problemas gastrointestinais e cardiovasculares. Carcinogênico.

Hydroquinone – Clareador de manchas da pele. Encontrado em cremes clareadores e dermocosméticos. Possível causador de Ocronose e aumenta o risco de câncer de pele. Se inalada, causa irritação no nariz, garganta e vias respiratórias.

Lauril Sulfato de sódio ou Sodium laureth sulfate – Tensoativos encontrados em xampus, removedores de maquiagem e creme dental e etc. Ressecam a pele e o cabelo. Além de prejudicar a defesa natural da pele. Podem apresentar contaminação por 1,4-dioxano que é uma substância considerada como possivelmente carcinogênica.

Parabenos – Conservantes presentes em grande variedade de cosméticos. São disruptores endócrinos, causam alergias cutâneas e o envelhecimento precoce da pele. Indícios os correlacionam com câncer de mama.

Ftalatos/Phthalates – Plastificantes e solventes encontrados em hidratantes, sprays de cabelo, sabonetes líquidos, antitranspirantes, desodorantes, condicionadores e xampus. Possível carcinogênico. Tóxico para o sistema reprodutivo causa efeitos antiandrogênicos.

Polietileno glicols (PEG) – Espessante presente em grande variedade de cosméticos. Causa reações alérgicas. Podem apresentar contaminação por 1,4-dioxano que é uma substância considerada como possivelmente carcinogênica.

Ácido retinóico e o Palmitato de retinol – Antioxidante utilizado em cremes corporais e protetores solares. Em combinação com a luz solar, pode aumentar o risco de câncer de pele. Podem danificar o DNA e acelerar lesões de pele e tumores.

EDTA (Ácido etilenodiamino tetra-acético) – Quelante, conservante e antioxidante encontrado em cremes, xampus, sabonetes, desodorantes, protetores solares. Permite que outros produtos químicos penetrem mais profundamente e atinjam a corrente sanguínea. Citotóxico e Genotóxico.

Alumínio e derivados – Encontrado em antitranspirantes, causador de câncer de mama, danos ao sistema nervoso, constipação intestinal, cólicas abdominais, náuseas, fadiga, alterações do metabolismo do cálcio (anorexia), causa hiperatividade e distúrbios do aprendizado em crianças.

Chumbo – Corante metálico encontrado em baixa concentração em tinturas e batons. É bioacumulativo, causa câncer, depressão, agitação, agressão, perda de concentração, déficit de QI, hiperatividade, desregulação do ciclo menstrual, nascimento prematuro, Alzheimer, Parkinson, redução das capacidades cognitivas entre outras doenças.

Outras substâncias perigosas que devem ser evitadas – Acrilatos, Monoethanolamine (MEA), PABA (ácido para-aminobenzóico), Phenoxyethanol, Triclocarban, Tolueno, Ácido Bórico e Flúor.

Fonte: Environmental Working Group, EUA. Giseli Fernandes Phytoterápica Brasil e
Janine Schmitz – sócia-fundadora da Caule Eco.lógicos.